Too Many Suns

  • Instagram - Black Circle
  • Facebook - Black Circle
  • YouTube - Black Circle
  • Spotify - Black Circle

Foi em Lisboa no início de 2018, pela mão de dois amigos, Hugo Hugon na guitarra e voz e João Cardoso na bateria, que nasceu a banda Too Many Suns. A semente foi lançada num estúdio no Intendente e em poucas semanas criaram as cinco canções que formaram o seu primeiro EP “Garden”, produzido em parceria com Gonçalo Formiga na ruralidade do seu estúdio caseiro, em pleno Oeste Litoral.

Durante o lançamento do EP, o próximo álbum já era o principal foco da banda. Com a entrada de um novo elemento para o baixo, Vasco Rato integrou o trabalho contínuo em estúdio de mais de um ano de composição. Este trabalho minucioso, fruto do amadurecimento da banda, resultou na gravação do álbum de estreia “Meaning of Light”, gravado e produzido por Miguel Vilhena nos estúdios da Pontiaq Records. Este trabalho abrange vários mundos, com músicas que vão desde um folk mais introspectivo ao grunge e noise reverberante, passando por um pop mais primaveril.
É com a perspectiva de novos concertos na apresentação do seu novo álbum que Too Many Suns, brevemente com mais elementos, pretende finalmente afirmar-se no panorama musical.

  • Branca ícone do YouTube
  • Branca Ícone Instagram
  • w-facebook